Economia prateada – a terceira maior do mundo!

Economia prateada – a terceira maior do mundo!

A economia prateada movimenta cerca de R$ 1,6 trilhão ao ano, e o consumo dessa população cresce 3 vezes mais rápido em comparação com o dos mais jovens.

Economia prateada, vem do termo em inglês “silver economy”, mercado voltado exclusivamente às necessidades das pessoas com mais de 60 anos.

Segundo a ONU haverá mais de 2 bilhões de pessoas no mundo com 60 anos ou mais, até 2050. Atualmente no Brasil, existem cerca de 50 milhões de brasileiros com mais de 60 anos, o que já representa mais idosos do que crianças com até 5 anos de idade.

Em entrevista para o site Consumidor Moderno, Layla Vallias, co-fundadora da Hype60+, uma consultoria de marketing especializada no consumidor sênior, afirma que a economia prateada é um mercado em pleno crescimento, pois os idosos de hoje trabalham, consomem e são formadores de opinião.

Para Layla a pandemia alterou completamente a forma como a gente vê os consumidores maduros porque, da noite para o dia, os holofotes foram jogados sobre eles. Eles que eram completamente invisíveis socialmente se tornaram o grupo de risco, e isso fez com que a imprensa, a sociedade com um todo, começasse a olhá-los com uma lupa. E descobrimos, finalmente, que já não somos um país de jovens: temos aí mais de 50 milhões de pessoas acima de 50 anos.

Consumo online

Aquela velha imagem do idoso que usava roupas antiquadas, se movimentava com ajuda de uma bengala e ficava horas na frente da televisão, já não condiz mais com os 60+ de hoje em dia.

De acordo com a pesquisa “Estilo de vida e Consumo da Terceira Idade 2018”, conduzida em sua segunda série pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo SPC Brasil, muitos dos idosos brasileiros, em maior ou menor medida, se sentem mais sábios, felizes e orgulhosos por suas realizações; eles acessam a internet com frequência e possuem perfis nas redes sociais para relacionar-se com as outras pessoas e manter-se bem informados; preocupam-se com a aparência e a autoestima, cultivam hábitos de lazer, adoram conviver com amigos e familiares, fazem planos e ainda esperam viver muito mais, de acordo com as expectativas apontadas.

Não podemos esquecer que com o advento da pandemia, os idosos tornaram-se mais digitais, e por conta disso passaram a fazer compras online com muito mais frequência.

A pesquisa afirma que os idosos ocupam um lugar importante no mercado de consumo: muitos deles gastam, hoje, mais com o que gostam do que com aquilo que é considerado essencial. Dentre seus principais desejos de compra, por exemplo, estão roupas, calçados e viagens.

Imóveis projetados para economia prateada

Podemos perceber que o mercado já está se movimentando para atender a população idosa, como é o caso do lançamento do empreendimento Matture Home Life, que está sendo construído na região da Vila Mariana em São Paulo, pela incorporadora PlazzaCorp e pela construtora Matushita.

O condomínio foi projetado para que os habitantes possam envelhecer no local sem dificuldades ou arrependimentos.

Atividades como hidroginástica, arteterapia e ginástica funcional já estão inclusas no valor do condomínio. O prédio também oferece fisioterapia, para poupar os moradores de se deslocarem até uma clínica particular, e ainda dispõe de um concierge de prontidão, para resolver todas as necessidades dos condôminos (de compra de ingressos a pagamentos de contas).

Além de tudo isso, os elevadores foram projetados para comportarem macas, os banheiros possuem barras de ferro evitar riscos de queda, e as portas possuem largura necessária para a passagem de cadeiras de rodas.

Por fim, é fundamental entendermos que o público 60+ será o grande consumidor do futuro.

Nós do Grupo Cuidar, estamos há mais de 15 anos no mercado, realizamos todo o processo de seleção de acordo com sua necessidade, e acompanhamos de perto o dia a dia para que você e sua família se sintam seguros e confortáveis.

Possuímos um banco de dados com profissionais qualificados e com experiência, com isso, queremos que a única preocupação da família diante de uma situação de necessidade de cuidados, seja estar próximo e desfrutar de momentos de carinho com seu familiar.

Nossos serviços de cuidadores de idosos em São Paulo:

  • Cuidador para intrahospitalar
  • Cuidador para desospitalização / transição de cuidados
  • Cuidador para instituição de longa permanência
  • Cuidador para pessoas com necessidades especiais
  • Cuidador para acompanhamento em exames
  • Cuidador para acompanhamento domiciliar

 

Leia também em nosso blog: Idoso que cuida de outro idoso. Quando pedir ajuda externa?

 

Siga nosso Instagram!

grupo cuidar

 

 

Fontes:
Revista Exame
Consumidor Moderno
Você SA