Banho – como fazer?

Banho – como fazer?

Hoje vamos falar um pouquinho sobre a importância do banho e os tipos de banho que podemos realizar em alguém que necessite de cuidados.

O banho é muito importante no cuidado de uma pessoa. Ele traz diversos benefícios físicos e emocionais, porque além de preservar a pele íntegra, livre de sujidades causadoras de doenças e infecções e ajudar na circulação, ele promove o bem-estar, relaxa e alivia as tensões, tornando o dia da pessoa melhor, aumentando a sua autoestima.

Temos duas formas diferentes de banho. Elas são o banho de aspersão, também conhecido como banho de chuveiro e o banho no leito, aquele em que realizamos o procedimento no próprio quarto.

Sempre que pudermos escolher, devemos dar preferência ao banho no chuveiro. Ele é muito mais agradável e com a água corrente conseguimos remover mais facilmente as sujidades e posteriormente, enxaguar melhor a pele da pessoa cuidada.

Para saber se o paciente pode ou não tomar o banho no chuveiro, primeiro precisamos avaliar as condições clínicas dele. Se existir alguma restrição médica com relação ao banho de aspersão ou caso a pessoa esteja impossibilitada de sair do leito, por exemplo, no caso de um paciente instável ou um pós-operatório de cirurgia ortopédica, devemos optar pelo banho no leito.

Para iniciar um banho, seja ele no leito ou no chuveiro, devemos inicialmente preparar o banho. Isso significa reunir os materiais que iremos utilizar durante o procedimento, deixá-los em local de fácil alcance das mãos, separar a roupa que a pessoa irá utilizar após o banho e preparar o ambiente, observando se existe corrente de ar ou se o ambiente está muito frio.

Caso o banho seja no chuveiro, devemos levar todo o material (sabonete neutro, shampoo, hidratante, toalha) para o banheiro, inclusive a roupa para a utilização após o banho. Isso irá evitar a constante abertura da porta, diminuindo as correntes de ar e também impedindo que a pessoa fique sozinha, prevenindo quedas. Devemos verificar a temperatura da água e só então iniciar o banho. É sempre bom que a pessoa tome o banho sentada, seja em cadeira higiênica ou em banquinhos ou cadeiras plásticas. O banho deve ser dado no sentido céfalo-caudal, ou seja, iniciando pela cabeça, indo em direção aos pés.

Sempre que a pessoa tiver condições de fazer algo sozinha, isso deve ser preservado. Então, deixe que ela lave as partes do corpo que tiver alcance, estimulando a maior autonomia. Ao terminar o banho, seque o corpo inteiro, iniciando pela cabeça e depois vista a roupa. Se a pessoa utilizar fralda e não conseguir ficar em pé, vista a parte de cima da roupa e proteja as pernas com a toalha antes de sair do banheiro para colocar a fralda.

Se a opção for o banho no leito, a preparação do procedimento também deve ser feita e o banho deve ser dado iniciando na cabeça. As partes íntimas devem ser as últimas a serem lavadas. Durante o processo, não esqueça de cobrir com um lençol o lado do corpo que não está sendo lavado para evitar a queda de temperatura brusca.

O banho deve ser dado com atenção e carinho, massageando suavemente as costas, auxiliando na circulação. Este é um momento íntimo que deve ser respeitado, portanto faça-o com amor e dedicação para que a pessoa se sinta bem cuidada.

 

Texto escrito por Daniela Suzuki Bravo, Enfermeira, formada pela UNIFESP. Experiência de mais de 10 anos em Geriatria e Gerontologia. 

Leave a Reply

Your email address will not be published.