6 Dicas para proteger o idoso de golpes financeiros

6 Dicas para proteger o idoso de golpes financeiros

Proteja seu idoso!

Durante a pandemia os casos de golpes financeiros aplicados em idosos cresceram, e segundo a polícia o número deve ser bem maior do que o registrado, pois na maioria das vezes o idoso se sente envergonhado e acaba não avisando a família e nem denunciando à polícia o ocorrido. Isso acontece porque os estelionatários geralmente se apresentam como pessoas gentis e educadas prontas para ajudar, sem contar o poder de persuasão em convencer qualquer pessoa do seu objetivo.

Estelionato é o crime de “obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento”. No caso de prisão, de acordo com o Código Penal, a pena de reclusão varia de um a cinco anos, prazo que agora pode ser duplicado caso o estelionato seja cometido contra idoso.

Situações comuns que estelionatários utilizam contra idosos

motoboy golpe do falso motoboy – através de uma central telefônica, uma pessoa se passa como funcionário do banco dizendo que precisa recolher o cartão na casa do idoso
whatsapp clonagem de contas de WhatsApp – mensagens atrativas com avisos para que as pessoas recadastrem urgentemente seus dados junto a uma instituição
email phishingemails que carregam vírus ou links e que direcionam o usuário a sites falsos.
idoso falsa ajuda no banco – pessoas disfarçadas de cliente oferecem ajuda e aproveitam da situação para roubar

Dicas para proteger o idoso contra golpes financeiros

  1. Informe seu idoso que o BANCO NUNCA IRÁ REALIZAR as ações abaixo:
  • ligar para o cliente pedindo senha e o número do cartão
  • mandar alguém para a casa do cliente para retirar o cartão ou qualquer tipo de documento pessoal
  • pedir para realizar uma transferência ou qualquer tipo de pagamento
  1. Caso receba algum tipo de ligação dizendo que o cartão foi clonado, o cliente deve desligar, ligar para o banco e se informar se a informação é verídica ou não
  2. Mensagens por SMS ou e-mail do banco com um link, apague e ligue para o banco para certificar se essa informação procede.
  3. Não forneça dados pessoais pelo telefone em nenhuma hipótese.
  4. Não abra a porta para desconhecidos, alguns estelionatários estão aproveitando a pandemia para se passarem por pesquisadores do Covid-19.
  5. Caso precise de ajuda em terminais de ônibus, metrô, trens ou em um estabelecimento bancário, solicite a um funcionário que esteja de uniforme e com crachá da empresa.

Cada vez mais é preciso estar em alerta e tomar todos os cuidados para proteger o idoso contra golpes de bandidos, por esse motivo ensine seu idoso a utilizar o aplicativo do banco, não compartilhar senha e dados pessoais com ninguém e, sempre que sentir inseguro frente a alguma situação, entrar em contato com um familiar ou com a instituição financeira.

Leia também: Entenda como evitar golpes financeiros em idosos!

Somos uma empresa especializada em cuidadores e babás, há mais de 10 anos no mercado. Acompanhamos a implantação durante a adaptação para que você e sua família se sintam seguros e confortáveis.

Siga nosso Instagram e acompanhe todos os conteúdos que criamos especialmente para você!

 

 

Fontes:
exame.com
www.portaldoenvelhecimento.com.br

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.