Alergia as picadas de inseto, o terror do verão!

Alergia as picadas de inseto, o terror do verão!

Alergia as picadas de inseto, o terror do verão!

Apesar de estarmos no começo da primavera, as altas temperaturas favorecem a multiplicação dos insetos. Nesta época é muito comum o aumento no número de crianças com reações alérgicas às picadas.

Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria no momento da picada, o inseto injeta sua saliva na pele da criança. Se é alérgica, o local poderá ficar avermelhado e coçando muito. O efeito dura de 7 a 10 dias. A coçadura abre pequenas feridas e deixa manchas brancas, que desaparecem em poucos meses. Em alguns casos, pode ocorrer infecção por bactérias, o que deixará uma ferida amarelada.

A seguir, a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), por meio do seu Departamento de Dermatologia Pediátrica, apresentam alguns sintomas que podem ajudar a identificar uma reação:

🔹Surgem bolinhas avermelhadas nos braços e pernas, geralmente provocadas por pernilongos;
🔹É possível perceber bolinhas alinhadas, o que indica que a criança é um banquete para os insetos, que podem ser pulgas, ácaros, percevejos de colchões ou piolhos de aves.
🔹Podem ser encontradas bolinhas alinhadas próximas ao elástico da roupa íntima, provavelmente provocadas por pulgas.


Caso haja sinais de reação alérgica mantenha o local das lesões limpo, lavando-o com água e sabonete. Não aplique substâncias caseiras. O melhor é procurar a ajuda de um pediatra, que indicará a medicação adequada para que a criança volte a ficar confortável. E um alerta: os repelentes podem ser tóxicos. Somente o médico especialista poderá indicar o que, quando e como usar.
Fonte: www.sbp.com.br
😉

O Grupo Cuidar é uma empresa especializada em cuidadores e babás, há mais de 10 anos no mercado. Oferecemos um serviço voltado às necessidades de cada família. Entre em contato conosco para entender como podemos te ajudar.

Leave a Reply

Your email address will not be published.